Os Perigos da Bombinha


Como todos os outros fogos de artifício, as bombinhas são muito comuns em comemorações de vitórias esportivas e festas juninas.


Geralmente confeccionadas artesanalmente, estão sujeitas a defeito de fabricação e funcionamento.


Um mínimo defeito pode ser fatal, podendo arrancar um dedo e até a mão.


O ideal é não mexer com fogos de artifício, mas, se você não resistir, tome os seguintes cuidados:


  • Veja se ela não esta úmida ou rasgada, se o “pavio” está inteiro ou se não está vazando pólvora. Caso encontre algum defeito, peça ao vendedor para trocar a bombinha defeituosa.
  • Verifique o estado em que a bombinha se encontra.
  • Jamais carregue bombinhas os bolsos. Se uma explodir, todas explodirão, causando queimaduras gravíssimas.
  • Nunca acenda bombinhas próximas ao rosto.
  • Se a bombinha falhar não insista, esqueça...
  • Não abra as bombinhas ou outros fogos de artifício.

Mexer com pólvora é coisa para especialistas.

A bombinha acesa deve ser atirada longe, para que a pessoa que acendeu e as demais fiquem distantes do local da explosão.


Sugestão

Faça uma lista de como você pode se divertir nas comemorações sem usar fogos de artifícios.


Conselhos para a família.

Opte por queimas de fogos públicas, realizadas por profissionais, pois além de proporcionar um belo espetáculo, são mais seguras.

Compre fogos somente em lojas especializadas e credenciadas.

Escolha sempre os fogos menos explosivos e de fácil manuseio.

Nunca guarde fogos em casa é como possuir uma bomba prestes a explodir.

Você sabe aonde os balões vão parar e o que pode acontecer?

 

Saiba mais




























VocÍ estŠ navegando em: Home > Prevenção > Manual de Prevenção > Os perigos da Bombinha